Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Consumo de rádio online no Brasil avança

O consumo de rádio no Brasil não está alto apenas no dial. A Kantar IBOPE Media lançou ontem (19) um estudo que mostra o avanço no consumo de rádio online, ou seja, via serviços como o streaming de áudio. O Data Stories “Rádio Online: O som do novo” apontou um crescimento de 186% consumo online de rádio em 2021, em relação a 2019, último ano antes da pandemia da covid-19. E dispositivos como smartphones e tablets são as principais fontes utilizadas para se conectar ao áudio on-line das emissoras de rádio brasileiras. Acompanhe os insights:

Entre os ouvintes de rádios online pesquisados pela Kantar IBOPE Media, 57% afirmaram que consomem o áudio digital das emissoras através de um smartphone ou tablet. Já 35% afirmaram utilizar um desktop/laptop e 14% outros dispositivos (fatia que pode contar com as smart speakers, por exemplo, que estão avançando em consumo em vários países, inclusive no Brasil).

Entre todos os ouvintes de rádio pesquisados, 36% deles afirmaram que possuem aplicativos de rádio instalados em seus dispositivos em 2021. Para se ter uma ideia desse avanço, o valor era de 19% em 2017 segundo o estudo da Kantar IBOPE Media, representando um avanço de 86% nos últimos cinco anos.

“Essa transformação constante fortalecida pelo online trouxe um potencial incrível para que o Rádio alcance uma grande quantidade de ouvintes, seja online, no dial ou nos dois formatos”, destaca a apresentação do levantamento.

O Data Stories ainda destaca que 46% dos brasileiros ouvem o meio via dial e 12% optam pela versão digital. Enquanto isso, 51% usam alguma, ou as duas, modalidades. O recorte é diferente do Book de Rádio da própria Kantar IBOPE Media, que apontou que o rádio alcançou 80% dos brasileiros em 2021.

Novos hábitos

O estudo ainda apontou que 28% dos ouvintes de rádio afirmam que “ter a possibilidade de escutar rádio online mudou a forma que escuto rádio“. A Kantar IBOPE Media destaca que “A disseminação e popularização da conectividade mudou a forma como realizamos diversas atividades em nosso dia a dia e, também, a maneira como escutamos rádio”.

Outra descoberta importante está relacionada à consolidação do consumo de podcasts. Segundo o estudo, 28% dos ouvintes de rádio afirmaram ouvir podcasts. E, segundo o Data Stories, os gêneros mais ouvidos são: 63% para comédia / entretenimento, 51% notícias / política e 44% para negócios / finanças.

O levantamento ainda mostra a “afinidade digital” dos ouvintes de rádio online. Segundo a Kantar IBOPE Media eles “se destacam pela relação próxima com novas tecnologias e, também, por ter a internet como uma aliada na hora de fazer compras”. O estudo mostra que 71% tratam de se manter atualizados com os desenvolvimentos tecnológicos (64% da média de ouvintes no dial). E 55% acreditam que “Comprar on-line faz minha vida mais fácil” (contra 48% da média de ouvintes no dial).

As referências do Data Stories são: Target Group Index BR TG 2021 R2 | Filtro: Ouviu Rádio U30d (ON+OFF) e TG.Net 2021 Brasil. Trata-se de uma publicação mensal da Kantar IBOPE Media sobre temas atuais e relevantes da indústria de mídia e comunicação, segundo a empresa. A edição relacionada ao rádio online é do mês de abril de 2022, número 21. Clique aqui para ter acesso completo ao estudo.

Fonte: tudoradio.com

Deixe seu comentário:

  • Ouro Verde FM avança para o top 3 em Curitiba

    Curitiba foi outra praça importante que acompanhou mais uma atualização da pesquisa que mostra os dados de consumo do rádio local. Realizada pela Kantar IBOPE Media, a medição mostra o terceiro avanço consecutivo... Leia mais

    Em 23/07/2022
  • Publicidade deve avançar 9% no Brasil

    As revisões sobre o crescimento do mercado publicitário continuam pautando a mídia especializada. Segundo o último relatório Global Ad Spend Forecast, da Dentsu, o investimento publicitário deve avançar 9% no... Leia mais

    Em 22/07/2022

PODER NA NEGOCIAÇÃO

Conseguimos as melhores negociações para nossos clientes, com agilidade na elaboração de propostas e projetos.

FATURAMENTO

Documentos de faturamento emitidos pelas próprias rádios, garantindo a idoneidade de todo o processo.

AGILIDADE

Agilidade para colocação ou mudança de materiais no ar, bem como no caso de necessidade de gravação de spots e vt.

LÍDERES DE AUDIÊNCIA

Representamos emissoras LÍDERES DE AUDIÊNCIA nas principais praças do Paraná e em cidades estratégicas de Santa Catarina.